IPCA-15 de julho mostra deflação de 0,18%

O IPCA-15 registrou deflação de 0,18% em julho, ante um aumeno de 0,22% em junho, segundo divulgou hoje o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado foi uma queda maior nos preços do que o previsto pelos analistas ouvidos pela Agência Estado (de -0,15% a +0,50%). A variação registrada em julho foi a menor do IPCA-15 desde setembro de 1998 (-0,44%). A queda na taxa de um mês para o outro foi provocada especialmente pela redução nos preços dos alimentos que haviam crescido 0,30% em junho e caíram 1,02% em julho. A gasolina manteve a queda de preços (-4,51%) e o álcool ampliou a redução de preços para -11,56% em julho. O IPCA-15 é calculado com a mesma metodologia do IPCA, diferindo-se apenas no período de coleta de preços que ocorreu entre 13 de junho e 14 de julho. No ano, o índice acumula alta de 7,56% e em 12 meses, de 16,01%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.