IPCA-15 de novembro cai para 0,17%

A inflação medida pelo IPCA-15 caiu para 0,17% em novembro, resultado bem inferior aos 0,66% registrados em outubro. O índice ficou bem abaixo da média das previsões dos analistas do mercado ouvidos pela Agência Estado, que estimavam uma taxa entre 0,25% e 0,35% para o período. Segundo o IBGE, as principais causas da redução do índice de um mês para o outro foram a queda nos preços dos combustíveis, o menor impacto dos preços administrados e a desaceleração dos reajustes nos preços dos alimentos. Os preços do álcool combustível registraram queda de 5,19% em novembro, ante queda de 0,18% em outubro. Houve também reduções nos preços do gás de cozinha (-9,6%) e da gasolina (-0,87%). Os alimentos passaram por uma variação de 0,87% em outubro para 0,31% em novembro, com desaceleração nos reajustes de produtos importantes como a carne bovina e o frango. Alguns preços administrados também reduziram, a variação de um mês para o outro, como as tarifas de águas e esgoto (3,24% em outubro e variação zero em novembro), telefone fixo (de 1,84% em outubro para 0,21%). No ano, o IPCA-15 acumula alta de 9,36% e no acumulado de 12 meses de 12,69%. Os preços para cálculo da taxa foram coletados no período de 14 de outubro a 11 de novembro. Leia também: IPC da Fipe cai para 0,37% na 2ª prévia de novembro em SP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.