IPCA-15 fica em 0,18% em outubro

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15, que indica a tendência do índice fechado do mês, caiu de 0,45% em setembro, para 0,18% em outubro. A queda foi causada principalmente pelos alimentos cuja variação de preços diminuiu de 1,01%, para 0,30% este mês. Os preços do IPCA-15 foram pesquisados no período de 15 de setembro a 13 de outubro e comparados com os preços do período de 16 de agosto a 14 de setembro. As maiores quedas entre os produtos alimentícios foram o leite pasteurizado (-4,10%), o óleo de soja (-2,31%), o café moído (-1,39%) e as carnes (-0,39%). Só tiveram grandes altas a batata inglesa, que subiu 22,31% e o tomate, com alta de 50,86%. Segundo os técnicos, essas são altas sazonais. Fora do grupo de alimentos houve queda significativa também entre os combustíveis. A gasolina teve redução de 0,45%, o gás de botijão mostrou recuo de 0,97% e o álcool combustível ficou 2,42% mais barato. Hoje de manhã, a Fipe-USP também divulgou seu índice de inflação, o IPC, referente à terceira quadrissemana do mês (veja link baixo)..

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.