IPCA-15 recua levemente, e fica em 0,41% no mês

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) foi de 0,41% em março, pouco abaixo da taxa de 0,46% apurada em fevereiro, segundo divulgado nesta sexta-feira, 23, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA-15 é uma espécie de prévia do IPCA, índice oficial de inflação utilizando pelo Banco Central para cumprir o regime de metas de inflação.O resultado veio no teto das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, entre 0,24% e 0,41%, e acima da mediana das previsões (0,31%).O grupo de alimentação e bebidas, com alta de 1,21%, contribuiu com 60%, ou 0,25 ponto porcentual, do IPCA-15 de março. Houve reajustes em produtos como cenoura (35,45%), cebola (24,35%), tomate (22,05%), ovos (9,19%), farinha de mandioca (6,08%), frango (6,05%), café (5,28%), frutas (4,58%), batata-inglesa (4,46%) e hortaliças (3,91%).Outro destaque de alta ficou com a gasolina (1%), enquanto o álcool registrou queda de 0,64% nos preços. No trimestre, O IPCA-15 acumula alta de 1,40%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.