Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

IPCA-15 sobe 0,23% em agosto, acima das previsões

A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) contrariou as expectativas do mercado e subiu em agosto, embora apenas ligeiramente.

REUTERS

25 de agosto de 2009 | 09h14

O indicador teve alta de 0,23 por cento neste mês, ante avanço de 0,22 por cento em julho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira.

A mediana das previsões de 17 economistas consultados pela Reuters apontava inflação de 0,19 por cento. A faixa foi de 0,15 a 0,24 por cento.

A relativa estabilidade entre um mês e outro deveu-se a menores altas de alimentos sendo contrabalançadas por altas como de energia elétrica.

No ano, o IPCA-15 acumulou alta de 2,95 por cento. Em 12 meses, a alta do índice é de 4,34 por cento.

O IPCA-15 é tido como uma prévia do IPCA, o índice que serve de referência para a meta de inflação do governo.

A metodologia de cálculo é a mesma, apurando a variação de preços para famílias com renda de até 40 salários mínimos em 11 regiões metropolitanas do país. A diferença está no período de coleta, já que o IPCA mede o mês calendário.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEIPCAQUINZEAGOSTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.