IPCA 2012 no cenário de mercado sobe para 4,7%, diz BC

O Banco Central revisou a sua projeção para o IPCA em 2012, no cenário de mercado, de 4,5% para 4,7%, informou a instituição por meio do Relatório Trimestral de Inflação divulgado nesta quinta-feira. Para 2013, a estimativa caiu de 5,3% para 4,9%. Para o IPCA em 12 meses até o 2º trimestre de 2012, a projeção segue em 5,0% no cenário de mercado. Até o 3º trimestre, subiu de 4,4% para 4,6%.

EDUARDO CUCOLO E FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

28 de junho de 2012 | 09h27

A projeção em 12 meses até 1º trimestre de 2013 subiu de 5% para 5,1%. Até o 2º trimestre de 2013, caiu de 5,1% para 4,9%. Até o 3º trimestre, caiu de 5,4% para 5,0%. De acordo com o BC, a data de corte das informações foi o dia 8 de junho de 2012. Nesse cenário, as expectativas para a taxa de câmbio média elevaram-se em comparação aos valores divulgados no relatório de março de 2012. Para o último trimestre de 2012, a taxa média passou de R$ 1,75 para R$ 1,92.

Em relação à taxa Selic média, as expectativas para 2012 e 2013 caíram. Para o último trimestre de 2012, a taxa média recuou de 9,00% para 8,00% ao ano. Para o último trimestre de 2013, de 10,00% para 8,92% ao ano. Para o segundo trimestre de 2014, as expectativas indicam taxa Selic média de 8,93% ao ano.

Meta

O Banco Central informou nesta quinta-feira que a chance de o teto da meta para a inflação em 2012 estourar segue em 3% no cenário de referência. Para 2013, caiu de 22% para 18%, no mesmo cenário. Já no cenário de mercado, a chance de estouro do teto da meta em 2012 caiu de 2% para 1%. Para 2013, recuou de 25% para 20% no cenário de mercado.

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãorelatóriomercado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.