IPCA de janeiro fica em 0,58% ante 0,86% em dezembro

A inflação medida pelo IPCA caiu para 0,58% em janeiro, ante 0,86% em dezembro e 0,76% em janeiro do ano passado, segundo divulgou o IBGE. O resultado ficou dentro das estimativas coletadas pelo Ae-Projeções, de 0,50% a 0,62%, mas acima da mediana de previsões, que era de 0,55%. A desaceleração foi provocada especialmente pelas menores variações dos preços da gasolina (0,06% em janeiro, ante 5,06% em dezembro) e dos ônibus urbanos (-0,10% em janeiro, ante 1,6% em dezembro, já que Curitiba passou a conceder passagens mais baratas aos domingos e Belém cancelou um reajuste).O maior impacto de alta para o IPCA de janeiro foi dado pelos alimentos, que subiram 0,78%, com contribuição de 0,18 ponto porcentual para a taxa mensal. Em dezembro, os alimentos haviam subido 0,65%. As maiores altas no grupo dos alimentos ocorreram em produtos sensíveis ao clima como cenoura (17,87%) e batata inglesa (11%). O INPC, que calcula a inflação para a camada de renda mais baixa da população registrou variação de 0,57% em janeiro ante 0,86% em dezembro e acumula em 12 meses alta de 5,86%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.