carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

IPCA derruba bolsa; aposta é de queda menor nos juros

O resultado do IPCA de março (0,47%) - acima das expectativas e com alta no chamado núcleo (descontando os efeitos sazonais) - desanimou os investidores do mercado financeiro brasileiro nesta quarta-feira. A bolsa de São Paulo caiu forte (2,72%), na mínima do dia, em 22.443 pontos. O volume negociado somou R$ 937 milhões. Pouco antes das 18h30, o risco Brasil avançava 12 pontos, para 548 pontos. No mercado monetário, o IPCA reduziu as apostas de uma corte maior nos juros básicos da economia, na próxima semana. As taxas de juro futuros estão compatíveis com um corte de 0,25 ponto percentual na Selic. Por causa dessa mudança de apostas, o volume de contratos hoje na BM&F cresceu muito. O DI de janeiro somou 437.025 contratos e encerrou em 15,23%, contra 15,11% de ontem.

Agencia Estado,

07 de abril de 2004 | 18h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.