IPCA em 12 meses é o maior desde abril de 2006, diz IBGE

Em um ano, acumulado chegou a 4,61%; inflação em fevereiro foi puxada por reajuste de mensalidades escolares

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

11 de março de 2008 | 10h34

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período acumulado de 12 meses até fevereiro deste ano, de 4,61%, atingiu o maior patamar desde abril de 2006, quando a taxa foi de 4,63%.  A coordenadora de índices de preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, disse que a elevação na taxa requer atenção, mas afirmou que esse resultado "ainda traz a alta do ano passado (nos alimentos) e ainda é cedo para conclusões". Para Eulina, "há que se ter atenção e acompanhar especialmente os alimentos, a inflação ainda está em patamar elevado, mas ainda estamos no início do ano".    Veja também: Entenda os principais índices de inflação  Educação puxa IPCA para 0,49% em fevereiro    No mês de fevereiro, o índice ficou em 0,49% em fevereiro, ante 0,54% em janeiro. Trata-se do maior índice para um mês de fevereiro desde 2005 (0,59%). A maior contribuição foi dada pelo grupo Educação, com variação de 3,47% e contribuição de 0,24 ponto porcentual para o índice do mês (0,49%). No grupo Educação, houve aumento de 4,09% das mensalidades escolaresEulina lembrou que a inflação em 12 meses vem registrando elevações consecutivas desde o início de 2007 e disse acreditar que, daqui para frente, o comportamento dos índices de preços vai depender da trajetória dos alimentos. "A conjuntura deste ano é diferente do ano passado, quando havia inflação crescente dos alimentos, enquanto este ano há uma desaceleração na alta dos produtos alimentícios", disse.      Em fevereiro, os alimentos subiram 0,60%, variação bem inferior à apurada em janeiro (1,52%). Apesar da desaceleração, os alimentos continuam pressionando a inflação e contribuíram com 0,13 ponto porcentual do IPCA do mês, acumulando no primeiro bimestre deste ano alta de 2,13%. Eulina destacou ainda que o IPCA acumulado nos primeiros dois meses de 2008, de 1,03%, é bem superior ao acumulado em igual período do ano passado (0,88%).    Texto ampliado às 10h51

Tudo o que sabemos sobre:
IPCAíndices de inflaçãoIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.