Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

IPCA menor reforça a idéia de corte de juros pelo Copom

O economista sênior do banco Dresdner Kleinwort, Nuno Camara, disse nesta quinta-feira que o IPCA de agosto, que subiu apenas 0,05% em relação ao mês anterior, aumentou a possibilidade de que o Copom realize outro corte de 0,50 ponto percentual em sua próxima reunião, em outubro."A grande surpresa positiva no IPCA de agosto pode ter sido a razão pela qual o Banco Central optou por um corte maior na Selic na semana passada", disse."E diante da forte performance do real e o provável novo declínio nas expectativas inflacionárias, poderá ocorrer outra surpresa positiva na reunião do Copom no próximo mês", apontou o economista. Camara reduziu sua previsão para o IPCA em 2006 de 3,5% para 3,3%.Embora considere neste momento mais provável um novo corte de 0,50 pp em outubro, Camara disse que ainda é necessário esperar pela ata da reunião do Copom que será divulgada na sexta-feira e por novos indicadores inflacionários e de atividade para se firmar uma aposta no próximo passo do BC. "Acredito que a ata deixará a porta aberta tanto para corte de 0,25 pp como de 0,50 pp", concluiu.

Agencia Estado,

07 de setembro de 2006 | 10h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.