Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ipea: 316 mil saíram da pobreza desde outubro de 2008

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta em estudo que no período de outubro de 2008 a março deste ano 316 mil pessoas saíram da pobreza nas seis regiões metropolitanas abrangidas pela Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, que incluem São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte. No mesmo período estudado, a taxa de pobreza entre os desempregados caiu 2,5%, enquanto o número de desempregados aumentou 16,5%.

ADRIANA CHIARINI E JACQUELINE FARID, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 18h29

O presidente do Ipea, Márcio Pochmann, que apresentou o estudo no XXI Fórum Nacional, no Rio, destacou que "esta é a primeira vez que estamos enfrentando uma crise com políticas keynesianas, anticíclicas". Ele atribuiu a redução da pobreza à ampliação do número de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família e ao aumento do salário mínimo. Pochmann explicou que a definição de pobre utilizada leva em conta a pessoa que ganha menos de meio salário mínimo em sua renda familiar.

Tudo o que sabemos sobre:
pobrezaIpea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.