Ipea eleva previsão para taxa Selic em 2005

Em seu Boletim Conjuntura deste mês, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), órgão do Ministério do Planejamento, anunciou uma revisão para a projeção da média da Selic, a taxa básica de juros da economia, em 2005, de 17,1% para 18,3% ao ano.No mesmo Boletim, a projeção para o IPCA em 2005 caiu de 5,6% para 5,4% em relação ao último boletim divulgado em dezembro de 2004. Com isso, a média da Selic real prevista para o ano subiu de 10,9% para 12,2%.Já em relação ao câmbio, o Ipea prevê o real mais forte que no último boletim. As projeções são de um câmbio médio em 2005 de R$ 2,71, e no último trimestre deste ano de R$ 2,79.Apesar disso, o Ipea projeta um maior crescimento das exportações de bens e serviços (tais como calculado na pesquisa do PIB do IBGE). A estimativa para essa variação passou de 5,1% no Boletim de dezembro de 2004 para 10,2%, considerando os resultados de 2004.A previsão para o aumento das importações passou de 13,8% para 18,9%. O Ipea aumentou a previsão do saldo comercial no ano de US$ 24,7 bilhões para US$ 27,7 bilhões. A projeção para o saldo em transações correntes também foi ampliada de US$ 2,2 bilhões para US$ 4 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.