Ipem-SP reprova 16 produtos da cesta básica

O Instituto de Pesos e Medidas de São Paulo (Ipem-SP), da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, reprovou hoje 16 produtos da cesta básica do paulistano, por apresentarem quantidade abaixo da especificada na embalagem. Os técnicos do Ipem-SP avaliaram um total de 52 produtos. Os fabricantes serão notificados e poderão ser punidos com multas de até R$ 2,4 mil.Em São Paulo, foram verificados 14 produtos dos quais seis apresentaram irregularidades. Os produtos que apresentaram maiores erros foram: o macarrão pena Paty, de 500 gramas, com 9,20 gramas a menos na média e três unidades com erro de até 25,90 gramas a menos; o macarrão pena Scala, de 500 gramas, que apresentou 7,10 gramas a menos na média; e o arroz Blue Patna, de 1 quilo, que apresentou 8,00 gramas a menos na média e duas unidades com erro de até 15,70 gramas a menos. No Interior paulista, dos 38 produtos analisados, 10 apresentaram peso inferior ao indicado na embalagem. Os maiores erros encontrados pelo Ipem-SP foram: o queijo ralado parmesão Teixeira, de 50 gramas, da região de Presidente Prudente, que apresentou 2,50 gramas a menos na média; a ervilha em conserva Quero, de 200 gramas (peso drenado) e 300 gramas (peso líquido), também de Presidente Prudente, com 9,60 gramas a menos na média; e wafer recheado Galak Nestlê, de 140 gramas, de São José do Rio Preto, com 2,10 gramas a menos na média.Os responsáveis pelas irregularidades terão prazo de 15 dias para apresentar defesa ao Ipem-SP. Os fabricantes notificados poderão ser punidos com multa de até R$ 2,4 mil. O valor da multa dobra na reincidência. A Operação Cesta Básica é realizada quinzenalmente em todo o Estado de São Paulo. O consumidor que encontrar alguma irregularidade na embalagem de produtos pode ligar para o Ipem-SP. O Instituto atende denúncias e reclamações pelo telefone 0800-130522, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.