IPVA: aumento médio de 2,5% em 2001

Foi divulgada ontem a tabela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2001. Os valores tiveram aumento médio de 2,5% em relação ao valor cobrado no ano passado. A maior alta foi a dos veículos nacionais e utilitários, cujo imposto sofreu variação média de 5%. A menor alteração ficou para os automóveis importados, cujo IPVA subiu em média apenas 1%.Não houve mudança nos critérios de cálculo, segundo o coordenador de Administração Tributária da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda, Clóvis Panzarini. O aumento em relação ao ano passado decorre do aquecimento do mercado de veículos em setembro, quando se recolhem os valores venais para se fazer a tabela. "Percebemos, por exemplo, que os carros populares subiram mais do que a média dos nacionais", exemplificou. SeguroAs guias de recolhimento do seguro obrigatório vão começar a ser enviadas no dia 13 de novembro. Além de conterem os dados do veículo e o valor do imposto, os documentos também trarão o seguro obrigatório (DPVAT) anexado. Se o proprietário não quiser pagar o DPVAT, não ficará impossibilitado de quitar o IPVA.As guias também virão com um extrato que permitirá fazer o licenciamento de 2001 antecipado. O proprietário saberá se tem, por exemplo, multas a pagar e os respectivos valores. Se resolver fazer o licenciamento, terá janeiro ou fevereiro para pagar a quantia. Caso contrário, deverá efetuar o pagamento como neste ano, a partir de abril, verificando a ordem dos finais de placas a cada mês para saber o vencimento. Todos os automóveis com mais de 20 anos de fabricação estão isentos do pagamento do IPVA. Uma seção dedicada ao IPVA 2001 está no site da Secretaria da Fazenda (veja link abaixo). O consumidor encontra a tabela completa do cálculo do imposto para download.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.