Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

IR: lote de restituição de dezembro deve ser maior

Até o momento, a Receita Federal processou cerca de metade das declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) que recebeu neste ano. Por isso, o lote de restituições de dezembro tende a ser o maior do ano, disse ontem o supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda da Receita Federal, Joaquim Adir Figueiredo. Ele informou que, até dezembro, pretende pagar todas as restituições de declarações preenchidas corretamente. Para isso, haverá uma concentração de pagamentos em dezembro. Neste ano, a Receita recebeu cerca de 16 milhões de declarações e processou perto de 8 milhões. Faltam, portanto, 8 milhões de declarações a serem processadas. No entanto, nem todas entrarão no lote de dezembro, pois parte delas está retida na malha fina.O contribuinte que não receber sua restituição até dezembro terá caído na malha fina, disse Adir. Esse raciocínio se aplica a aqueles contribuintes que entregaram a declaração pela Internet ou em disquete.No caso dos formulários, é possível que haja algum atraso no processamento. O supervisor do PIR disse que será feito um esforço para analisar todas as declarações em formulário até dezembro, mas ele ressalvou que depende da disponibilidade de fiscais.Quem caiu na malha fina receberá sua restituição a partir de janeiro, nos lotes extraordinários do IRPF 2002. A orientação da Receita, nesses casos, é que o contribuinte aguarde ser convocado. Muitas vezes, erros de preenchimento ou de informação são corrigidos pelos próprios fiscais, sem a necessidade de o contribuinte se deslocar até a Receita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.