Irã e Venezuela se unem por corte na produção da Opep

A Venezuela e o Irã concordaram em pedir por um corte na produção de petróleo pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), afirmou o presidente venezuelano Hugo Chávez no sábado.Em discurso após as negociações com o presidente iraniano, MahmoudAhmadinejad, em visita ao país, Chávez disse que os dois países concordaram em apoiar um corte na produção do cartel para conter uma recente queda nos preços da commodity."Nós sabemos que atualmente há petróleo demais no mercado", disse Chávez. "Concordamos em unir nossas forças dentro da Opep... para apoiar um corte na produção e preservar o preço do petróleo."Nos últimos meses, a Opep se comprometeu a realizar um corte total de 1,7 milhão de barris por dia, incluindo uma redução de 500 mil a se iniciar no dia 1º de fevereiro.Os ministros da Opep se encontrarão no próximo dia 15 de março em Viena, na Áustria.Mas algumas notícias dizem que a Opep está considerando mais corte antes disso. A Dow Jones Newswires publicou na sexta-feira, citando um membro da organização, que a Opep está discutindo a possibilidade de ter uma reunião de emergência nos dias 20 e 21 de janeiro para reduzir a produção em mais 500 mil barris por dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.