Irã quer reunião emergencial da OPEP

O ministro de Petróleo do Irã, Rostam Ghasemi, disse que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai realizar uma reunião de emergência para reduzir seu teto de produção se os preços do petróleo do tipo Brent caírem abaixo de US$ 100,00 o barril.

AE, Agencia Estado

23 de dezembro de 2012 | 14h26

Este mês a Opep decidiu manter seu teto de produção em 30 milhões de barris de petróleo por dia pelo menos até maio de 2013, quando ocorre sua próxima reunião ordinária. Os preços do petróleo estão acima de US$ 100,00 o barril nos últimos seis meses, mas têm recuado nos últimos dias. Na sexta-feira, o contrato do Brent para fevereiro fechou a US$ 108,97 o barril na plataforma ICE.

Ghasemi acredita que os preços devem continuar em um nível elevado em 2013, mas afirma que se o barril cair abaixo de US$ 100,00, "a Opep vai realizar uma reunião de emergência para cortar seu teto de produção". Os comentários foram feitos em um texto publicado no website do ministério. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãpetróleoOPEP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.