Irlandeses querem banir carne brasileira da UE

O presidente da associação irlandesa de criadores de gado (ICSA, na sigla em inglês), Robin Smith, solicitou ao comissário europeu responsável pela saúde e proteção ao consumidor, David Byrne, um banimento temporário às importações de carne bovina do Brasil dentro do bloco europeu. Segundo o jornal irlandês Irish Independent, o pedido é uma resposta ao surgimento na semana passada de um caso de febre aftosa no Brasil, os primeiro caso no país em quase três anos. O diário observa que a Argentina e Russia proibiram as importações da carne brasileira nos últimos dias por causa da doença. Segundo Smith, o departamento de Alimentação e Veterinária da União Européia já havia declarado que o sistema para monitorar o movimento de animais no Brasil não pode ser considerado completamente confiável.

Agencia Estado,

29 de junho de 2004 | 07h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.