Irmã de Madoff também é vítima de fraude, diz 'NY Post'

Segundo o jornal, Sondra Wiener, de 74 anos, está tentando desesperadamente vender sua casa na Flórida

Efe,

12 de janeiro de 2009 | 08h41

O investidor de Wall Street, Bernard Madoff, acusado de supostamente montar uma fraude de US$ 50 bilhões, roubou também sua irmã, que agora tenta vender sua casa na Flórida (EUA), informou nesta segunda-feira, 12, o jornal The New York Post. Veja também:Entenda o esquema de pirâmide financeira realizado por Madoff O diário informa em sua versão digital que Madoff roubou "milhões" de sua própria irmã, Sondra Wiener, de 74 anos, e que agora esta tenta desesperadamente vender a casa que tem na Flórida. "Ela perdeu milhões em tudo isto", disse uma fonte anônima citada pelo jornal, que calculou a perda de Sondra em US$ 3 milhões. O filho de Sondra, David, afirmou ao jornal que, definitivamente, "minha família é uma vítima, mais que nenhuma outra pessoa. É muito doloroso". Sondra pôs à venda sua casa, de 317 metros quadrados e em um exclusivo setor de Palm Beach, e pediu entre US$ 850 mil e US$ 950 mil dólares por ela, segundo o Post. Madoff, de 70 anos, foi detido no dia 11 de dezembro sob acusações de violação das leis federais em matéria de valores, no que se considera um das maiores fraudes financeiras da história dos Estados Unidos. Um juiz federal em Manhattan terá que decidir nesta quarta sobre uma solicitação da promotoria de revogar a ordem de prisão domiciliar de Madoff e enviar o investidor à prisão enquanto aguarda julgamento.

Tudo o que sabemos sobre:
Bernard MadoffFraude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.