finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

IRPJ e CSLL impulsionaram arrecadação de janeiro

O crescimento real de 15,34% da arrecadação federal em janeiro na comparação com o mesmo período de 2010 é explicado, segundo a Receita Federal, pelo pagamento, no primeiro mês deste ano, da primeira cota ou cota única do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) relativos ao resultado do último trimestre de 2010.

RENATA VERÍSSIMO E ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2011 | 16h22

Também houve antecipação de pagamentos em janeiro de 2011 do ajuste anual do IRPJ e da CSLL referente ao lucro obtido no ano passado. A Receita informou ainda que houve, em janeiro, o pagamento trimestral de royalties sobre a extração de petróleo. Também ajudou no aumento da arrecadação o fim das desonerações de IPI sobre automóveis, que vigorava em janeiro do ano passado.

A arrecadação do IPI/outros subiu 32,03% em relação a janeiro do ano passado, puxado pelo aumento da produção industrial e o fim das desonerações tributárias para o setor de móveis e eletrodomésticos. O recolhimento do IPI-automóveis subiu 113,17% com o fim da redução da alíquota desde abril de 2010.

A arrecadação do IRPJ subiu 26,67% e da CSLL, 19,51%. Segundo a Receita, houve um crescimento na arrecadação relativa ao lucro presumido, o que reflete o forte aumento das vendas de produtos e serviços no último trimestre de 2010. O crescimento no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) foi de 42,25%, puxado principalmente pelos ganhos de capital na venda de bens. O Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) sobre rendimentos do trabalho teve um aumento na arrecadação de 9,41%, enquanto o IRRF sobre rendimentos de capital subiu 38,86%.

A arrecadação de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) cresceu 14,05% em razão do aumento da alíquota nas liquidações de operações de câmbio para ingresso de recursos no País por investidor estrangeiro para aplicação no mercado financeiro e de capitais. Houve um aumento de 18,82% no volume de operações de crédito no último mês de 2010 em relação a dezembro de 2009, o que refletiu no pagamento do IOF em janeiro.

Em janeiro, a arrecadação da Cofins subiu 11,98% e do PIS/Pasep, 12,84%. As receitas previdenciárias tiveram uma alta de 14,23% no mesmo período.

Tudo o que sabemos sobre:
ReceitaarrecadaçãoimpostosIRPJCSLL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.