Islândia mantém bolsa fechada pelo terceiro dia

Segundo governo, 'condições atípicas do mercado' motivaram decisão.

Da BBC Brasil, BBC

13 Outubro 2008 | 08h03

A Islândia suspendeu, pelo terceiro dia consecutivo, os negócios na Bolsa de Reykjavík, em meio a temores de novas perdas. "Devido a condições atípicas, os mercados islandeses permanecerão fechados nesta segunda-feira e serão reabertos amanhã", disseram autoridades financeiras do país. O mercado financeiro de Reykjavík perdeu metade do seu valor deste o início deste ano. De acordo com a correspondente da BBC em Reykjavík Clive Myrie, investidores islandeses aguardavam com ansiedade a reabertura dos mercados nesta segunda-feira, após dias de grande turbulência na semana passada devido ao anúncio do governo de nacionalizar os três maiores bancos do país. A Islândia tem sido seriamente atingida pela crise financeira mundial. O país tem um Produto Interno Bruto anual (PIB) de US$ 8,61 bilhões, mas suas dívidas remontam a US$ 86,1 bilhões. Para Myrie, o fato de que os mercados asiáticos e europeus tenham respondido bem aos anúncios de líderes mundiais no fim-de-semana e que, ainda assim, a Bolsa de Reykjavík tenha permanecido fechada, é um sinal do quanto o país está sendo afetado pela crise. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
islândia ações shares crise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.