Itália aprova plano de venda para correios e controle de tráfego aéreo

O governo italiano aprovou planos nesta sexta-feira para vender fatias de até 40 por cento na Poste Italiane , a companhia nacional de correios, e de 49 por cento na operadora estatal de controle de tráfego aéreo Enav SpA.

Reuters

16 de maio de 2014 | 10h33

A venda da fatia na Poste Italiane pode acontecer em várias fases com parte das ações direcionadas para pequenos acionistas, incluindo funcionários dos correios, e parte para investidores institucionais italianos e estrangeiros, segundo um comunicado emitido após uma reunião de gabinete.

Os funcionários dos correios podem receber incentivos para a compra de ações, incluindo blocos reservados especiais, ações extras ou condições financeiras e de preços.

A fatia na Enav também será direcionada para investidores privados e institucionais, mas também poderá ser vendida diretamente para um comprador desde que não existam conflitos de interesse.

Por James Mackenzie

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASITALIAVENDACORREIOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.