Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Itália prefere resolução bancária supranacional para UE

A Itália prefere uma autoridade financeira que supervisione e ajude bancos problemáticos da UE a um esquema pelo qual cada país trataria a questão individualmente, afirmou hoje o primeiro-ministro italiano, Enrico Letta. O premiê disse que vai defender a posição da Itália agressivamente na próxima reunião do Conselho Europeu.

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2013 | 10h34

Já há um acordo para a estrutura de um mecanismo único de supervisão de bancos da zona do euro, mas o debate agora é sobre o chamado mecanismo único de resolução, comentou Letta.

"Queremos uma autoridade supranacional apoiada com recursos pan-europeus", disse o primeiro-ministro em discurso no Parlamento italiano, enfatizando uma posição que é contrária à da Alemanha.

Letta também disse que a governança econômica real na Europa exige diferentes regras e obrigações para países que tenham superávits externos daquelas para nações deficitárias, assim como instrumentos financeiros para auxiliar países em dificuldades.

Países problemáticos devem realizar reformas dolorosas, mas que podem "ser socialmente e politicamente aceitáveis, se houver uma esperança plausível de uma saída feliz", disse Letta. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliabancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.