Itália prevê crescimento do PIB e fim da recessão

A economia da Itália deve crescer no próximo ano após sair da recessão, mas o governo precisa ser prudente em suas decisões fiscais e orçamentárias, avaliou hoje o ministro da Economia do país, Fabrizio Saccomanni. Em depoimento ao Parlamento, ele afirmou que não havia recursos para financiar maiores cortes de impostos no Orçamento de 2014.

Agencia Estado

29 de outubro de 2013 | 16h09

A Itália ficou em recessão por oito trimestres consecutivos, que podem em breve se transformar em nove, uma vez que o Produto Interno Bruto (PIB) provavelmente recuou nos três meses até setembro, disse o presidente do Istat, Antonio Golini, aos parlamentares mais cedo.

Ele espera um "fraco, mas positivo" crescimento do PIB no quarto trimestre, resultando em uma contração de 1,8% em 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaPIBprevisãorecessão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.