Itamar convoca presidente da Cemig para desmentir privatização

O governador Itamar Franco (sem partido) convocou o presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Djalma Morais, para uma entrevista coletiva no Palácio da Liberdade, sede do governo mineiro. O objetivo é negar publicamente a informação veiculada em agência de notícia internacional de que a estatal mineira seria privatizada independentemente de quem vencer as eleições presidenciais de outubro. A afirmação é atribuída ao diretor de finanças da empresa, Cristiano Correa de Barros, que participou pela manhã, em Madrid, na Espanha, de apresentação para investidores no Latibex. Ao tomar conhecimento do assunto, Itamar se mostrou indignado e negou a informação. "Se ele (Correa de Barros) falou isso, ele pode se considerar demitido." A assessoria de imprensa da Cemig divulgou nota em que afirma que a informação não procede. A coletiva deve começar em instantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.