Itamaraty lamenta decisão da União Européia sobre aço

O Ministério das Relações Exteriores divulgou nota oficial em que lamenta a decisão da União Européia, anunciada hoje, de impor tarifas de até 26% sobre a importação de aço que ultrapassar 11 milhões de toneladas métricas por ano em resposta às medidas protecionistas norte-americanas. Na nota, o Itamaraty avalia que a decisão acrescenta um grave fator de distorção na crise sobre o comércio internacional de aço, com uma desorganização no mercado de produtos siderúrgicos. O Itamaraty informa que o governo brasileiro irá decidir as ações cabíveis contra a medida da União Européia após uma análise cuidadosa dos fundamentos jurídicos da decisão e de seu impacto na pauta exportadora do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.