Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Itaú BBA espera iniciar operação na Colômbia em meados de 2012

Banco vai disputar o mercado de consultorias de fusões e aquisições colombiano com bancos locais e gigantes globais

REUTERS, O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2011 | 03h08

O Itaú BBA, banco de investimento do Itaú Unibanco, pode iniciar suas operações na Colômbia na metade do ano que vem, entrando no mercado de consultoria de fusões e aquisições da quarta maior economia da América Latina.

O veterano argentino Ramiro Gonzalez Prandi chefiará a unidade, afirmou Alberto Fernandes, vice-presidente do banco de atacado do Itaú BBA, em entrevista. Gonzalez Prandi, atualmente diretor do Itaú BBA no Chile, liderará um grupo de 37 funcionários do setor financeiro e US$ 200 milhões em capital na unidade colombiana.

O Itaú BBA enfrentará competição das gigantes locais Bancolombia e Grupo Aval, cujos bancos de investimento costumam abocanhar grande parte das ofertas mais lucrativas de títulos e ações, assim como os serviços de consultoria de fusões. Gigantes globais, incluindo JP Morgan também possuem escritórios no país.

Banco local. "Queremos ser vistos como um banco local de capital brasileiro", disse Fernandes. "A Colômbia é importante para nós devido ao tamanho de seu mercado e à velocidade com que os mercados financeiros estão se desenvolvendo lá."

No Brasil, o Itaú BBA está entre os três maiores em consultoria de fusões e aquisições, e é também um dos cinco maiores coordenadores de ofertas de títulos e ações, segundo dados da Thomson Reuters.

A decisão de abrir um banco de investimento antes de operações de banco de varejo ocorre após uma série de esforços malsucedidos de comprar credores colombianos de tamanho expressivo, disse Fernandes. A controladora Itaú Unibanco tem evitado fazer grandes aquisições na Colômbia, principalmente porque bancos do país estão com avaliações muito altas.

Executivos do Itaú Unibanco flertaram com a ideia de abrir um banco de investimento ao longo de 18 meses, segundo Fernandes. O Banco Central brasileiro aprovou a expansão do Itaú BBA para a Colômbia no mês passado.

A unidade oferecerá serviços de crédito corporativo, consultoria de fusões e aquisições e reestruturação corporativa, assim como de coordenação de emissão de títulos do Tesouro, de empresas e de ações, disse Fernandes.

O Itaú BBA possui atualmente operações no Chile e na Argentina, além de representação no Peru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.