Itaú compra ativos do Citi no Uruguai

O Itaú Unibanco adquiriu as operações de varejo do Citibank no Uruguai. Com o negócio, a subsidiária do banco no país vizinho, o Itaú Uruguay (BIU), assume um portfólio de mais de 15 mil clientes correntistas que representam mais de US$ 265 milhões em depósitos e uma carteira de crédito de US$ 60 milhões.

ALINE BRONZATI , O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2013 | 02h09

A transação também inclui a plataforma de cartões de crédito do Citi emitidos no Uruguai nas bandeiras Visa, MasterCard e Diners, os débitos de seguros associados a esses cartões e empréstimos pessoais, além das agências de Carrasco e Punta Carretas. O valor do negócio não foi divulgado. Segundo comunicado do Itaú, o desembolso não é "significativo" para a instituição e, portanto, "não acarretará efeitos contábeis relevantes em seus resultados".

O Itaú negociava a aquisição das operações de varejo do Citi no Uruguai desde meados de abril, conforme fontes ouvidas pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. No Uruguai, a subsidiária do Itaú Unibanco conta com mais de 250 mil clientes, 23 agências e 572 funcionários. Seus ativos somam US$ 3,250 bilhões enquanto que os recursos geridos totalizam mais de US$ 7 bilhões, incluindo depósitos locais e custódia, conforme dados de maio último.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.