Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Itaú compra varejo do Citibank no Uruguai

Ao adquirir operações, banco assume um portfólio de mais de 15 mil clientes correntistas

Aline Bronzati, da Agência Estado,

28 de junho de 2013 | 19h18

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco adquiriu as operações de varejo do Citibank no Uruguai, conforme fato relevante publicado pela instituição. Com o negócio, a subsidiária do banco no Uruguai, o Itaú Uruguay (BIU), assume um portfólio de mais de 15 mil clientes correntistas que representam mais de US$ 265 milhões em depósitos e uma carteira de crédito de US$ 60 milhões.

A transação também inclui a plataforma de cartões de crédito do Citi emitidos no Uruguai nas bandeiras Visa, MasterCard e Diners, os débitos de seguros associados a esses cartões e empréstimos pessoais, além das agências de Carrasco e Punta Carretas. O valor envolvido no negócio não foi divulgado. Segundo comunicado do Itaú, não é "significativo" para a instituição e, portanto, "não acarretará efeitos contábeis relevantes em seus resultados".

Horacio Vilaró, gerente geral do Itaú Uruguay, destacou, em nota à imprensa, que a aquisição reforça o posicionamento do banco que vinha crescendo de maneira orgânica. A operação está em linha, conforme comunicado do banco, com o foco estratégico do Itaú de fortalecer sua atuação no Uruguai.

"Todos esses anos crescendo organicamente nos garantiu o segundo lugar entre os bancos privados no país e um papel importante como emissor de cartões de crédito. Estamos muito animados para oferecer nossos serviços a esta nova base de clientes e estamos confiantes que nos escolham como seu banco principal", destacou Vilaró, em nota.

O Itaú Unibanco negociava a aquisição das operações de varejo do Citi no Uruguai desde meados de abril, conforme fontes ouvidas pelo Broadcast. Na ocasião, o banco também acertava a compra da Credicard, oficializada há pouco mais de um mês, por mais de R$ 2,7 bilhões. A Credicard chegou a ser disputada por Santander e Bradesco, mas foi vendida ao Itaú Unibanco uma vez que foi o próprio banco que ajudou a constituir a base de clientes ao lado do Citi e do Unibanco, que na época ainda não tinha se unido ao grupo.

No Uruguai, a subsidiária do Itaú Unibanco conta com mais de 250 mil clientes, 23 agências e 572 funcionários. Seus ativos somam US$ 3,250 bilhões enquanto que os recursos geridos totalizam mais de US$ 7 bilhões, incluindo depósitos locais e custódia, conforme dados de maio último.

Tudo o que sabemos sobre:
Itaúbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.