Itaú e Citigroup compram parte do Unibanco na Credicard

Os sócios da empresa de cartão de crédito Credicard - Itaú, Citigroup e Unibanco - anunciaram hoje um acordo de reestruturação societária. O Itaú e o Citigroup aumentarão as participações acionárias de 33% para 50% cada, com a aquisição integral da fatia do Unibanco.As partes disseram que o acordo não afetará o relacionamento com seus funcionários e clientes. "Os portadores de cartões de crédito continuarão a usar seus cartões da mesma forma como fazem atualmente," diz comunicado.O Itaú informou que pagará R$ 768 milhões por metade da participação indireta do Unibanco no Credicard. Já o Citigroup não informou quanto pagará. A estrutura acionária da Redecard, empresa de relacionamento com lojistas, será mantida após a reestruturação. Pela estrutura atual, Citigroup, Itaú e Unibanco são proprietários de 32% cada e a Mastercard detém 4%. A Redecard é a empresa responsável pela captura e transmissão de transações dos cartões de crédito e débito das bandeiras Master Card, Mastercard Maestro, RedeShop, Mastercard Eletronic, Maestro e Diners Club International e Voucher alimentação, refeição e combustível.Pelo acordo, o Itaú aumentará a participação acionaria da Orbitall para 100%, com a compra da totalidade das ações do Citigroup e Unibanco por R$ 281 milhões. A Orbitall, empresa de processamento e prestação de serviços para cartões de crédito, é líder no processamento para o mercado desses cartões no Brasil, com cerca de 16,1 milhões de cartões.A Credicard é a maior emissora de cartões de crédito no Brasil, com uma base de 7,6 milhões de cartões (setembro de 2004), ativos de R$ 3,3 bilhões (setembro de 2004) e lucro líquido de R$ 176,5 milhões (janeiro a setembro de 2004).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.