Itaú lança seguro com cobertura para câncer

A Itaú Seguros está lançando um seguro que oferece cobertura às mulheres com câncer. O produto chamado de Viva Mulher, garante as seguradas o recebimento de indenização em vida quando houver diagnóstico de câncer maligno. O seguro é voltado para mulheres de 16 a 65 anos, sendo que o público alvo são as mulheres que têm entre 30 e 50 anos, segundo a empresa.O diretor executivo da Itaú Seguros, Marcelo Blay, afirma que o seguro garante a indenização aos beneficiários em caso de falecimento da segurada, de acordo com o capital contratado e independentemente da causa. " Caso haja a confirmação do diagnóstico de câncer maligno, o seguro garante o pagamento integral e à vista para a própria titular do capital, de acordo com o que foi contratado para essa cobertura", avisa.Segundo Marcelo Blay, uma mulher de 30 anos que pretende contratar uma apólice de R$ 100 mil de indenização por morte e R$ 75 mil por diagnóstico de câncer, paga um prêmio mensal de R$ 28,20. "Vale ressaltar que o seguro cobre qualquer tipo de câncer", alerta. Para ter direito à cobertura por diagnóstico de câncer, o diretor da Itaú Seguros alerta que a empresa não exige a comprovação de gastos. "O pagamento da indenização é feito mediante a entrega da documentação que comprove o diagnóstico do câncer", explica Marcelo Blay. Ele destaca que parte do valor arrecado com o seguro será doado ao Hospital do Câncer A. C. Camargo, para o investimentos em tratamentos contra o câncer. Ao contratar o Viva Mulher, a Itaú Seguros oferecerá gratuitamente um serviço de informação nutricional. De acordo com o diretor da Itaú Seguros, o serviço é um canal de comunicação com as seguradas que poderão entrar em contato com nutricionista via telefone, fax e e-mail para informação sobre alimentos, cardápios,estilo de vida, saúde e bem-estar.UnibancoO Unibanco AIG Seguros também possui desde 1999 uma apólice que garante as mulheres cobertura de qualquer tipo de câncer, exceto o câncer de pele. Chamado de Seguro Mulher, o produto tem coberturas entre R$ 2 mil e R$ 50 mil. A segurada recebe a indenização integralmente, de uma só vez, quando diagnosticada a doença, sem necessidade de comprovação dos gastos. Além disso, o Unibanco também oferece uma cobertura para morte acidental entre R$ 1 mil e R$ 125 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.