Itaú pretende abrir mais 80 agências

De acordo com o presidente do banco Itaú, Roberto Setúbal, há planos para a abertura de até 80 novas agências neste ano. A expectativa é expandir a atual base de correntistas, situada em 8 milhões, entre 5% e 10%. A estratégia, segundo o executivo, enquadra-se na preocupação em continuar promovendo o aumento no volume de transações financeiras, de modo a compensar as perdas geradas com as sucessivas reduções nas taxas de juros. Setubal disse ainda que outra preocupação para 2001 será o lançamento de novos produtos e a promoção de incentivos para o crescimento dos volumes negociados nas áreas previdenciária e de "corporate finance", esta última voltada a clientes de alto poder aquisitivo. Ao ser indagado sobre outra tendência, a elevação dos empréstimos para clientes de baixa renda, o executivo limitou-se a dizer que o Itaú dará continuidade as melhorias já implantadas na capacidade de aprovar crédito. "Se surgir alguma proposta para comprar uma financeira, nós podemos avaliar, mas esse não é o nosso foco", declarou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.