Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Itaú Unibanco será o gestor do ETF de renda fixa do Tesouro Nacional

custo para o investidor deve sair em torno de 0,5% ao ano e alíquota do Imposto de Renda varia de acordo com a média dos vencimentos dos títulos

Luci Ribeiro e Jéssica Alves, O Estado de S.Paulo

05 Setembro 2018 | 12h01

BRASÍLIA - O Itaú Unibanco será o gestor do Fundo de Índice de Renda Fixa (ID ETF), produto apoiado pela Secretaria do Tesouro Nacional e o Banco Mundial para fomentar o desenvolvimento do mercado de capitais em economias emergentes. O resultado do processo seletivo do gestor, lançado em maio, está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 5. 

Atualmente existem no País 15 ETFs - todos de renda variável. O ETF é um fundo que espelha determinado índice e tem cotas negociadas em Bolsa. O Bova11, por exemplo, replica o Índice Bovespa, ou seja, é composto pelas mesmas ações que formam o índice.

Segundo levantamento feito pelo Itaú Asset Management em maio, a indústria de ETFs no Brasil cresceu 1,5 vez o que avançou a indústria de fundos desde 2010. O crescimento dos ETFs foi de 18% enquanto a indústria total cresceu 12%. Esse patrimônio, porém, é menos de 0,5% dos R$ 4,5 trilhões movimentados pela indústria de fundos.

Segundo o Tesouro, o novo fundo se diferencia dos ETFs tradicionais de renda fixa, pois o órgão emitirá a cesta de títulos que irá compor a carteira dos fundos de índice no momento de sua criação em igual proporção àqueles que integram o índice de referência. Isso deve reduzir os custos operacionais do fundo, permitindo a cobrança de uma taxa de administração menor.

Serão utilizados como parâmetro para o ETF de renda fixa os Índices de Mercado Anbima (IMAs) - que representam a dívida pública por meio dos preços a mercado de uma carteira de títulos públicos. O custo para o investidor deve sair em torno de 0,5% ao ano. 

A alíquota do imposto varia de acordo com a média dos vencimentos dos títulos: quanto mais longo o vencimento, menor a taxa. Isso significa que o investidor pode pagar uma alíquota menor mesmo se vender a cota no prazo curto, diferentemente dos fundos de renda fixa, nos quais a alíquota só diminui à medida que o investidor carrega o investimento.

Além da gestão, o Itaú Unibanco realizará, juntamente com o Tesouro, a constituição, estruturação, lançamento, promoção, administração e manutenção do ID ETF. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.