Itaú Unibanco vê reversão na inadimplência e retomada do crédito

O Itaú Unibanco previu nesta terça-feira que o índice de inadimplência de sua carteira de crédito deve se estabilizar a partir do quarto trimestre, apontando a partir daí uma tendência de queda.

REUTERS

03 de novembro de 2009 | 11h42

"A perspectiva é de que o índice se estabilize ou caia a partir do quarto trimestre", disse o diretor-executivo de Controladoria do banco, Silvio de Carvalho, em teleconferência com jornalistas sobre os resultados do terceiro trimestre.

O índice de inadimplência da carteira, medida pelo total de operações vencidas em prazo superior a 90 dias, era de 5,9 por cento no final de setembro.

O executivo disse ainda que a instituição já percebe "uma melhoria significativa da economia neste segundo semestre", o que deve produzir aumento dos financiamentos.

O banco prevê elevação de 12 por cento da carteira de crédito em 2009. Para 2010, a expectativa é de expansão de 20 a 25 por cento.

(Por Aluísio Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSITAUINADIMPLENCIAREVERTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.