Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Já são mais de cem os bancos fechados este ano nos EUA

A pior crise financeira desde a depressão de 1930 afetou todos os tipos de bancos

Efe

24 de outubro de 2009 | 01h52

O número de bancos que fecharam suas portas pela crise este ano nos Estados Unidos superou a centena, informaram fontes oficiais na sexta-feira, 23.

 

O número de bancos que faliram chegou a 101 quando a Corporação Federal de Seguros de Depósito (FDIC, por sua sigla em inglês) assumiu o controle de dois pequenos bancos nos estados da Flórida e Geórgia.

 

 

Veja também:

linkEUA anunciam que começarão a desativar programa de auxílio 

especialUm ano após auge da crise, economia se recupera

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialDicionário da crise 

especialComo o mundo reage à crise

 

A medida afetou ao Partners Bank, de Naples (Flórida) com US$68,7 milhões em ativos e US$63,4 milhões em depósitos. Segundo relatório oficial, o banco Stonegate, de Fort Lauderdale (Flórida), anunciou a aquisição dos depósitos e os ativos de Partners Bank.

 

O outro banco afetado é o American United Bank, de Lawrenceville (Geórgia), cujos US$111 milhões em ativos e US$101 milhões em depósitos foram adquiridos pela Ameris Bank, também da Geórgia.

Fontes da indústria bancária disseram que este é o maior númerode fechamento de bancos desde a crise de 1992, quando o número foi de 122.

 

Fontes da FDIC disseram que o dinheiro dos depositantes não corre perigo pela existência de seguros que protegem até US$250 mil por conta.

 

A pior crise financeira desde a depressão de 1930 afetou todos os tipos de bancos e as fontes indicaram que o número de falências pode chegar a 400 nos próximos anos.

 

O problema dessas instituições foi principalmente o dos empréstimos hipotecários e a crise geral que impediu que as empresas da construção cumprissem a tempo suas obrigações financeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Estados Unidosbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.