Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters

Jaguar e Peugeot anunciam recall em modelos 2013 e 2014

Veículos correm o risco de ter rodas deslocadas e problemas nos freios, o que pode causar acidentes graves

Economia & Negócios, O Estado de S. Paulo

08 Dezembro 2014 | 14h52

SÃO PAULO - As donas das marcas Jaguar e Peugeot comunicaram um recall de veículos nesta segunda-feira, 8. Modelos produzidos entre 2013 e 2014 precisarão de reparos por falhas na fabricação.

O veículo que não for reparado ou inspecionado em até 12 meses após o início da campanha de recall, terá a informação lançada no campo 'observações' do próximo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) emitido pela autoridade de trânsito.

Em nota, o Procon estadual de São Paulo alerta que um fornecedor não pode colocar no mercado um produto que ofereça risco à saúde ou à segurança do consumidor. A entidade também chama atenção para a exigência do comprovante de que serviços de reparação foram prestados, e o documento deve ser passado adiante em caso de venda.

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão acionar a Justiça por reparação por danos morais e patrimoniais eventualmente sofridos. 

Jaguar. A Jaguar Brasil convocou os proprietários dos veículos XJ, numeração de chassis de SAJAA1695E8V68705 A SAJAA18Y9EMV69951, modelos 2014 e 2015, fabricados de fevereiro a julho de 2014, a comparecerem em uma concessionária da marca para verificação do torque das conexões das mangueiras do sistema de freio posicionadas por baixo da carroceria.

No comunicado, a empresa informa ter identificado torque incorreto nas conexões das mangueiras do sistema de freio. Este defeito pode gerar perda da integridade mecânica do sistema de freio, com curso maior do pedal de freio, desempenho reduzido de frenagem, possível mensagem de nível do fluído de freio reduzido no painel de instrumentos e ativação do indicador de aviso do freio. 

Caso ambos os circuitos de frenagem percam a integridade simultaneamente, o risco de acidentes e/ou colisões aumentará, com possibilidade de danos físicos graves e/ou materiais aos ocupantes e terceiros. Também é possível haver vazamento do fluido do sistema de freio, reduzindo a pressão de frenagem no pedal de freio e afetando o arranque do veículo.

Peugeot. A Peugeot Citroën Automóveis convocou os proprietários dos veículos de todas as versões do modelo Peugeot 208, fabricados entre 20 de maio de 2013 e 20 de dezembro de 2013, com número de chassis não sequenciais de EB010381 a FB000004, a entrarem em contato com uma concessionária autorizada para agendar, a partir de 8 de dezembro, a substituição dos braços de suspensão dianteira.

No comunicado, a empresa informa ter identificado que a dureza excessiva das buchas localizadas no interior dos braços da suspensão dianteira poderá ocasionar fissuras nos braços. Caso isso ocorra, os braços da suspensão poderão se romper, ocasionando o deslocamento das rodas dianteiras, gerando perda de dirigibilidade do veículo e grave risco de acidentes, com danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo e/ou terceiros.

Para mais informações, a Peugeot disponibiliza o telefone 0800 703 2424, de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. Também é possível procurar atendimento via internet.

Mais conteúdo sobre:
JaguarPeugeotrecall

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.