JAL e Delta chegam a acordo sobre aliança, diz jornal

A Japan Airlines (JAL) chegou a um acordo sobre uma aliança com a Delta Air Lines, informou o jornal japonês Yomiuri Shimbun neste sábado. A informação vem a público em um momento em que a companhia aérea japonesa passa por sérias dificuldades financeiras.

GABRIEL BUENO,

20 Janeiro 2010 | 16h26

As duas companhias devem firmar oficialmente um acordo, que permitirá que elas compartilhem voos, assim que a nova gerência da JAL concordar com ele, segundo o Yomiuri Shimbun. O diário atribui a informação a fontes da companhia japonesa.

Com esse acordo, a JAL, maior companhia aérea da Ásia, passaria de uma aliança com a Oneworld para outra, com o grupo SkyTeam, proprietário da Delta.

A JAL e a Delta devem questionar autoridades dos Estados Unidos sobre a legalidade do negócio em fevereiro, quando deve ser avaliado se ele fere alguma lei que previne a formação de trustes, segundo o jornal. Caso o pacto seja aceito, as duas companhias poderão realizar voos conjuntos em rotas pelo Pacífico, aumentando a integração dos negócios.

Nos últimos dias, a American Airlines e seus parceiros aumentaram uma proposta de investimento na JAL de US$ 1,4 bilhão. Antes, a American Airlines oferecera US$ 1,1 bilhão, em uma disputa com a rival Delta por uma parcela da JAL.

Ontem, o governo japonês informou que anunciará um pacote de reestruturação da JAL na próxima terça-feira (dia 19). Acredita-se que a JAL deve pedir proteção judiciária, para se proteger de credores e da desvalorização de suas ações, facilitando uma reestruturação de sua dívida e a redução de custos. Estima-se que a JAL busque dinheiro público para auxiliar em sua reestruturação. A empresa deve ainda cortar mais de 15 mil empregos e vender hotéis que possui, por exemplo. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
aviaçãoDelta Air Lines

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.