Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Japão anuncia 2º pacote de estímulo econômico

O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, anunciou hoje um novo pacote de estímulo, no valor de 23 trilhões de ienes (cerca de US$ 254,199 bilhões). Segundo ele, medidas de apoio para os cidadãos somam 6 trilhões de ienes, enquanto àquelas para sustentar o setor financeiro do país totalizam 13 trilhões de ienes. O anúncio segue-se a um pacote anterior de estímulo com valor de 26,9 trilhões de ienes, anunciado por Aso no fim de outubro, incluindo 5 trilhões de ienes em gastos com novos investimentos. EuropaOs líderes dos 27 países da União Européia concordaram com um pacote de estímulo econômico calculado em cerca de 200 bilhões de euros (US$ 266,5 bilhões) para desviar da ameaça de uma "espiral recessionária". Os países membros do bloco concordaram em injetar nas suas economias o equivalente a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do bloco, sendo que alguns países gastarão mais que outros. "Nestas circunstâncias excepcionais, a Europa irá agir de forma unida, forte, rápida e decisiva para evitar uma espiral recessionária e sustentar a atividade econômica e o emprego", apontou o esboço do acordo feito no fórum do bloco.A Alemanha inicialmente resistiu ao plano, dizendo que não queria gastar mais do que os 32 bilhões de euros que já planejou para sua própria economia. As autoridades que trabalharam no acordo não irão forçar a Alemanha a gastar mais. As informações são da Dow Jones.

CYNTHIA DECLOEDT E NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

12 de dezembro de 2008 | 10h43

Tudo o que sabemos sobre:
pacotecriseJapãoEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.