Japão anuncia pacote de US$81 para estimular economia

Plano de estímulo tenta evitar que país volte à recessão à medida em que persiste a deflação

Tetsushi Kajimoto, REUTERS

08 de dezembro de 2009 | 08h47

O governo do Japão concordou com um pacote de estímulo de US$ 81 bilhões nesta terça-feira, 8, visando evitar que a economia volte à recessão à medida em que persiste a deflação e um forte iene ameaça as exportações.

Economistas afirmaram, no entanto, que o pacote de 7,2 trilhões de ienes, equivalente a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB), não daria um impulso significativo para uma economia dependente da demanda externa por máquinas, eletrônicos e carros.

O pacote deveria ter sido compilado na última sexta-feira, 4, mas o partido de situação foi forçado a acrescentar outros 100 bilhões de ienes em consumo para acalmar um pequeno partido de coalizão cujo apoio é necessário.

"Isso pode ajudar a economia de alguma forma", disse o economista-chefe do Mizuho Securities, Yasunari Ueno. "Mas não começa sequer a resolver as questões mais fundamentais enfrentadas pelo Japão, como a fraqueza na economia global e a deflação."

Tudo o que sabemos sobre:
MACROJAPAOPACOTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.