Japão cresce 1,1% e se mantém como 2ª economia do mundo

Desempenho no último trimestre de 2009 surpreende; mesmo assim, PIB anual encolheu 5%.

BBC Brasil, BBC

15 de fevereiro de 2010 | 06h29

A economia do Japão superou as expectativas do mercado ao registrar um crescimento de 1,1% no último trimestre de 2009 em relação ao trimestre anterior.

As informações divulgadas pelo governo japonês nesta segunda-feira mostram, porém, que a recuperação entre outubro e dezembro de 2009 não foi suficiente para reverter o quadro de retração no desempenho anual da economia - no ano passado, o PIB japonês encolheu 5%.

A expansão no último trimestre do ano passado, entretanto, serviu para manter o Japão como a segunda maior economia do mundo, posição ameaçada pelo crescimento da China. Os Estados Unidos ainda são a maior economia do mundo.

Os principais estímulos para a recuperação do final do ano foram as exportações, principalmente para a China, agora o principal mercado consumidor de produtos japoneses.

Enquanto isso no mercado doméstico, salários e preços continuam caindo, apesar das medidas de estímulo adotadas pelo governo local. O gasto dos consumidores cresceu 0,7% e o investimento privado aumentou 1% no período.

A recuperação japonesa contrastou com os dados dos 16 países europeus que utilizam o euro. Impactado principalmente pela estagnação da economia alemã, que registrou 0% de alteração no último trimestre do ano, o PIB da zona do euro cresceu apenas 0,1%.

No ano todo, a economia da zona do euro sofreu retração de 4%. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.