Japão doa US$ 100 mi para alimentos em países pobres

O Japão irá doar US$ 100 milhões para ajudar países pobres a lidarem com a disparada dos preços dos alimentos, afirmou hoje o porta-voz do governo, Nobutaka Machimura. O país quer que a crise esteja na agenda de discussões da reunião do G-8 em julho, que será realizada no Japão. O G-8 é o grupo dos sete países mais ricos do mundo mais a Rússia."Como medida de emergência, o Japão decidiu oferecer US$ 100 milhões em assistência alimentar", disse ele, detalhando que o país doará US$ 50 milhões no mês por meio do Programa Mundial de Alimentação da Organização das Nações Unidas (ONU), principalmente para países da África, e contribuirá com outros US$ 50 milhões dentro de três meses. As informações são de agências de notícias internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.