coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Japão e Coréia fecham em alta, apesar da WorldCom

As bolsas japonesa e sul-coreana fecharam hoje em alta, apesar das notícias sobre as fraudes fiscais da WorldCom, que afetaram os mercados do mundo todo. O Nikkei 225 subiu 1,86% com a percepção de que a reação ao escândalo da gigante de telecomunicações americana não foi tão ruim quanto esperado. Mas o mercado aguarda ansioso a abertura de Wall Street hoje. Seul fechou em alta de 1,22% estimulada pelo elevação do rating soberano do país pela agência Fitch. Já Taiwan caiu 1% em razão das incertezas sobre a recuperação da economia mundial, associada à forte queda dos papéis da WorldCom. O mercado filipino também não resistiu à turbulência provocada pela empresa americana e encerrou o dia em baixa de 0,57%. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +1,26%; Indonésia: +1,05%; Malásia: +0,93%; Tailândia: +0,81% e Cingapura: +0,82%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.