Japão e Índia criam linha de swap cambial de US$ 15 bilhões

Medida é um esforço para fortalecer suas economias contra a crise da dívida soberana na Europa

Álvaro Campos, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2011 | 15h29

Os governos do Japão e da Índia concordaram com a criação de uma linha de swap de câmbio bilateral de três anos de US$ 15 bilhões, em um esforço para fortalecer suas economias contra a crise da dívida soberana na Europa.

Essa nova linha - que é cinco vezes maior do que o acordo anterior, que expirou este ano - acontece após um arranjo similar entre o Japão e a Coreia do Sul em outubro, que elevou a linha de swap bilateral para US$ 70 bilhões.

"Em um período em que a economia mundial está instável, como demonstrado pelos problemas de dívida soberana da Europa e outras questões, Japão e Índia reconhecem a necessidade de impulsionar a linha de swap de câmbio bilateral para garantir a estabilidade nos mercados financeiros", disse o Ministério de Finanças japonês em um comunicado.

O novo acordo pode ajudar o banco central da Índia a defender a rupia indiana, que já caiu mais de 15% em relação ao dólar desde abril, o que a torna a pior moeda da Ásia no período. "Isso vai dar suporte à rupia indiana e reduzir o pessimismo", disse Priyanka Kishore, estrategista de câmbio do Standard Chartered Bank. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoÍndiacâmbioEuropacrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.