Japão está no caminho para atingir inflação de 2%

O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse nesta segunda-feira que o banco central está "no caminho certo" para atingir a sua meta de inflação em 2%, reafirmando a sua confiança no cenário econômico do país.

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2013 | 00h06

Segundo Kuroda, o programa de flexibilização agressiva do banco central lançado em abril está "claramente tendo seus efeitos desejados e contribui para que a economia japonesa esteja em constante movimento para alcançar a meta da estabilidade dos preços". O presidente do BoJ fez as declarações durante a abertura de uma reunião dos administradores das filiais da instituição.

O presidente do BoJ afirmou ainda que espera que a economia japonesa continue se recuperando e que o programa de flexibilização serve para impulsionar movimentos positivos na economia.

Além disso, Kuroda também reforçou a postura do banco central de que o programa de flexibilização será mantido até que a inflação se estabilize em 2%.

Mais tarde, o BoJ vai lançar a sua mais recente avaliação das economias regionais do Japão. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
japãobojbckuroda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.