Japão já pode estar em recessão, diz Goldman Sachs

O economista Tetsufumi Yamakawa, do banco de investimentos americano Goldman Sachs, escreveu em relatório a clientes "parecer altamente provável que a expansão da economia japonesa, que dura quase 70 meses desde o início de 2002, tenha chegado ao fim e que entrou em recessão".Os comentários do Goldman, somados às crescentes incertezas quanto ao rumo da economia norte-americana, teriam contribuído para a forte queda da Bolsa de Tóquio hoje. O índice Nikkei encerrou com queda de 3,97%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.