Japão mantém juro e oferece fundos em dólar a bancos

O comitê de política monetária do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês, banco central do país) decidiu por unanimidade hoje, em reunião extraordinária, manter em 0,50% ao ano a taxa básica de juros da economia e disse que irá oferecer aos bancos fundos ilimitados em dólar. O banco central japonês disse que vai oferecer liquidez na divisa norte-americana a uma taxa fixa e expandir o conjunto de garantias que aceita em suas operações de recompra de títulos JGB. O BoJ também vai aumentar a freqüência e o montante de suas operações de recompra de commercial paper, que geralmente são conduzidas trimestralmente. As informações são da Dow Jones.

MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

14 Outubro 2008 | 12h08

Mais conteúdo sobre:
Japão juros bancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.