finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Japão põe mais US$ 5 bi no mercado

Foi a segunda intervenção em dois dias úteis, para conter a volatilidade do mercado; mas bolsa abre em baixa

Leandro Modé, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2013 | 00h00

O Banco do Japão (BOJ) injetou hoje 600 bilhões de ienes (US$ 5 bilhões) no mercado, a segunda intervenção desse tipo em dois dias úteis, informou a agência Kyodo. Na sexta-feira, em resposta à volatilidade nos mercado mundiais, o BOJ injetou 1 trilhão de ienes (US$ 8,5 bilhões), numa ação coordenada com o Federal Reserve e o Banco Central Europeu, num total que superou US$ 160 bilhões . Ainda assim, a Bolsa Tóquio abriu o pregão desta segunda-feira em baixa de 0,23%. O governo japonês também anunciou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresceu 0,1% de abril a junho, em relação a igual período de 2006. Nesta semana, a pesada agenda de indicadores econômicos dos EUA pode trazer um pouco de refresco para os mercados, segundo avaliação dos economistas do ABN Amro Real. "É um conjunto de informações que poderá reforçar a visão de que os fundamentos da economia americana não estão sendo afetados pelas correções que têm ocorrido no segmento imobiliário", afirma a instituição. A agenda semanal inclui a divulgação do Índice de Preços ao Produtor e do Índice de Preços ao Consumidor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.