coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Japão pressiona China para remover tarifas do aço

O ministro do Comércio do Japão, Takeo Hiranuma, solicitou que a China remova as restrições temporárias sobre as importações de aço, citando as dúvidas de Tóquio sobre a sua legitimidade que não foram dissipadas em reunião realizada ontem entre os dois países, segundo informações da agência de notícias Kyodo News . "Já que continuamos duvidando da consistência das medidas adotadas pela China junto às normas da Organização Mundial do Comércio (OMC), solicitamos que as medidas provisórias sejam retiradas", disse. Em longa reunião bilateral realizada ontem em Pequim, o governo japonês pediu que a China exclua os produtos japoneses das restrições de "salvaguarda" de importação com duração de 180 dias, um pedido ao qual a China resistiu, mas concordou em estudar algumas exceções. Hiranuma solicitou à China que forneça detalhes sobre efeitos na indústria doméstica de um crescimento das importações e aguarda essas informações para oferecer documentos adicionais. "Gostaríamos de examinar a documentação detalhada a ser fornecida", disse ele, acrescentando que Tóquio espera continuar discutindo com Pequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.