Japão quer parceria com Brasil para produzir etanol

O presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) do Japão, Isami Miyata, reafirmou hoje ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Silas Brasileiro, o interesse do país em firmar parceria para a produção do etanol brasileiro. "O Japão tem todo o interesse em abrir um diálogo em torno da parceria na produção do etanol. Já estamos estudando a importação do produto da Petrobras", disse Isami Miyata. Segundo o presidente da CNA japonesa, o país importa 61% dos produtos que consome. "É nossa intenção aumentar a importação dos produtos agrícolas do Brasil, investir no intercâmbio de tecnologia e nas parcerias", completou. No encontro, Silas Brasileiro lembrou que o Brasil tem a maior empresa do mundo em pesquisa agropecuária tropical, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). "Estamos investindo para que, no período de 10 anos, dobremos a nossa produção de grãos que hoje é de 143 milhões de toneladas", afirmou. As informações são da assessoria de imprensa da pasta.

FABÍOLA SALVADOR, Agencia Estado

18 de junho de 2008 | 19h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.