Japão reduzirá imposto sobre carros em duas etapas

A redução no imposto sobre compras de automóveis será dividido em duas fases quando à medida que o governo aumentar um imposto sobre vendas para 10%, afirmou o ministro da Indústria, Toshimitsu Motegi. "Levando em conta a questão de dupla taxação, foi decidido reduzir (o imposto sobre automóveis) em duas fases e eventualmente aboli-lo", disse.

AE, Agencia Estado

22 de novembro de 2013 | 03h05

O principal grupo de lobby do Japão está pressionando o governo a reduzir o imposto sobre vendas de veículos em 3 pontos porcentuais quando os impostos sobre vendas aumentaram a 8% em abril do próximo ano, e então eliminar esse imposto quando os tributos sobre vendas atingirem os 10% em outubro de 2015. O atual imposto sobre vendas de automóveis é de 5% para veículos tamanho padrão.

A Associação de Manufaturas Automobilísticas do Japão estimou que o aumento do imposto sobre vendas para 8% reduzirá as vendas anuais de automóveis em 580 mil veículos, para 4,03 milhões de unidades. Essa queda nas vendas poderia afetar o Produto Interno Bruto (PIB) em 0,8% e levar a demissões de 170 mil funcionários, alertou a associação. Quando o imposto for elevado para 10%, a associação estimou que as vendas de automóveis cairão em 930 mil, o PIB será afetado em 1,3% e 270 mil trabalhadores serão demitidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãoimpostoautomóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.